Quem somos

Resenha por Saulo Yassuda

 

O proprietário Celso Ricardo já foi garçom e pagodeiro. Hoje é feliz como dono do botequim, onde capas de LPs de samba e quadros de jogadores de futebol têm espaço garantido nas paredes. Estrategicamente, o bar fica escondido a um quarteirão da congestionada Avenida dos Bandeirantes, firmando-se como um bom refúgio para relaxar após o expediente. O Celso aproveitou o movimento da Copa e anexou às pressas um novo salão, que fez a capacidade do estabelecimento saltar de cinquenta para setenta lugares.

 

O gostoso pastel de queijo com berinjela se mostra um bom tira-gosto, assim como o espetinho de cafta. Parceira para a dupla é a caipirinha do celso, de cachaça Musa Prata, maracujá e limão. As cervejas  também têm vez e enchem os copos americanos da freguesia.

 

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
7J7A7732

7J7A7732

7J7A7718

7J7A7718

7J7A7716

7J7A7716

7J7A7715

7J7A7715

7J7A7706

7J7A7706

7J7A7726

7J7A7726

7J7A7713

7J7A7713

7J7A7714

7J7A7714